quinta-feira, 14 de junho de 2012

NÃO ADIANTA

Não adianta
Sentir saudades
E nada falar


Não  adianta
Me olhar  de  longe
E  esconder o  seu  olhar


O meu  silêncio
Será  mantido
Sem esperar


Qualquer  resposta
Qualquer  notícia
Pra te  encontrar


Se você  teima
Na  tua  sobra
Em  ficar e ficar


No  meu  silêncio
Também  me  escondo
Sem  te encontrar



Nenhum comentário:

Postar um comentário