domingo, 21 de abril de 2013

MONTE VERDE ... LETRA !!!


















Mesmo Que  a  Saudade 
Invada o  meu  viver
Digo sem Vaidade 
Tu  és  meu  bem querer

Onde o  equinócio
Se sobrepõe ao  ócio 
No  frio  de  serra  linda
Cidade cor  infinda

Flores pelos montes
Águas  a correr
A  candura  de  um  instante
Que  pássaros  vem trazer

Sonho  enebriante
Contos  gira sois
Tangentes  de  orquídeas
Cobrem  nossos  lençóis

Lamparina  acesa 
Cantigas  a  tocar
Guardam  toda  beleza  
Que  no coração  está

E  se  a tarde nuvens
Pintam  o  Azul  do  céu
Tocam  clarinetes 
Que  tiram  o  teu  véu 


Pois  é  queridos !!!  Não  posso  tocar ...mas  posso  sentir  e falar ... E esta  música fiz  pensando  no  lugar  e  em  alguém  é  claro... Este  lugar é  o  lugar  que  escolhi  para viver  o  tempo  de  minha  vida... logo  que  essa  agonia  termine !!! Vou  deixar  a  cidade  das festas com  3 milhões  de  habitantes  para  viver  a  2000 metros  de  altitude ... num  local  paradisíaco ...onde  a  população é  de  4500 pessoas ...claro  fora  o  turismo... !!! Lá  será  meu  porto  seguro .... E  o  frio !!!  A  o  frio  a  gente  resolve ... !!! rsrs ... Um  belo  resto domingo a  todos ...e  desculpem ...se  falo  demais e  sinto  demais .... com  carinho !!!

Pedro Pugliese

6 comentários:

  1. Enquanto existir querer, existirá saudade... Lindo!Pedro quero, faça tudo, mas seja sempre feliz. Te gosto, bjusssss

    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir
  2. Como decía el cantante español Joaquín Sabina
    "No hay nostalgia peor que añorar lo que nunca jamás sucedió".
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. E ficarei aqui morrendo de vontade estar num lugar assim, frio. Adoro! Sentindo muito sua ausência lá no meu cantinho poético, viu? Suas composições sempre nos surpreendendo pela inigualável beleza e maestria. Aproveito para te convidar para me visitar no blog, é que fui honrada com o convite do Blog "Bicho do Mato" e estou concorrendo ao primeiro concurso de poesias "Pena de Ouro". Meu poema se chama: "Um Soneto em Silêncio" e já está aberto aos votos Ao analisar meu Soneto e achar que o mesmo é digno de seu voto é só dar um clik aqui:
    http://blogdobichodomato.blogspot.com.br/2013/04/um-soneto-em-silencio.html
    Desde já agradeço seu carinho e atenção.
    Uma linda semana pra ti!

    ResponderExcluir
  4. Pedro se sua vontade é viver neste belo lugar tens que realizar este sonho pois os sonhos existem para ser o firmamento da estrada de nossas vidas...Fico feliz de ter voltado com pelas letras.

    Um grande beijo

    Rachel Omena

    ResponderExcluir
  5. Oi Pedro,
    boa tarde,
    belas letras
    um poeta da música será sempre um poeta
    não importa onde

    Desejo-lhe o melhor como sempre
    um grande abraço querido amigo

    ResponderExcluir