sexta-feira, 11 de novembro de 2011

SOM DE UTOPIAS

Som de utopías
Na cabeça
no coração

Lago brilhante
Reluz , no espaço sideral

Busca num sonho
O sentido perdido
Limite provavel
De um Sol
Afluente do AMOR

Eu queria ter
Uma bola de cristal
Pra poder saber
Tudo

E só entender
O sentido natural
Sem ter que conter
Nada

O nosso anceio
É a trilha de cada um
Estrela guia
Passagem para um viavel
Amanhã

Amanhã Sempre
Amanhã hoje
Todo dia.


BJS Pedro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário