segunda-feira, 30 de julho de 2012

QUANDO ME ENCONTRO





















Esta  noite 
Não  é  apenas mais uma noite
Ela traz-me a  sensação de  ter  sido lesado 
Em  minha  boa  fé
E  deixa  a  tristeza de  um  mundo  acabado
Logo eu que  tanto  vivo pregando  o  AMOR !!
Venho  e  me  encontro num  mar  desencontrado
De  ventos  e  ondas gigantescas que  me  assombram !!!
Eu  que  sempre  fui  tão  corajoso ...Sinto-me  como  um  pequeno  menino ...
Que  ao  menor  rugido  da  vida  pensa  em  desistir ...
Penso  nunca !!! nunca  vou  perder  a  fé  em  DEUS... Mas 
Nas pessoas...pouco  ou  quase  nada  me  resta !!!
São como  luzes  que  se  apagaram  e  com  elas  eu  também !!!
Vou  dormir  na  esperança de  um  lindo sonho e  acordar  com uma  briza ténue ...
Que  me  carregue  em  teus  braços ao nascer  do  sol e  assim !!!
Quem  sabe  esta tristeza ...Quem  sabe  esta  saudade  que  hora  sinto  e  me  esmaga
Me  deixe  viver  outra  vez. !!!


Pedro Pugliese.  




2 comentários:

  1. Saudade dói amigo Pedro, que tú espresaste nessa tua triste e bela poesia. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É minha amiga querida !!! verdade verdadeira !!! mas como não mando no coração ... simplesmente a aceito e vivo!!! sempre dizendo que tenho esta saudade !!! na esperança de ser escutado !!! Com um beijo Pedro Pugliese

      Excluir