terça-feira, 4 de setembro de 2012

TREM AZUL














O  meu  trem  azul
Brilha  lá  no  horizonte
Do  infinito Amor
Transformando o semblante

Apesar de não  dizer  pra  onde  vou ...oh..oh

Segue  em  direção
As tangentes do  meu  mundo
Busca  a transição
Nas  respostas sucumbidas 
Que  não  vão
Ficar  pra  traz 

Trem  azul  coração  oculto
Brilha  mais dentro do  minuto
Apesar de  não  dizer  pra  onde  vou !!!

O  meu  trem  azul
Brilha  mais  que as  estrelas
Tem  um  tom  de  azul
Que  transcende  até  não  vê-las
Apesar  de  não  dizer  pra  onde eu vou

E vai  se  encontrar 
No  horizonte ou  nos  trópicos
Ou  no  azul  do  mar
Na  distância e na  certeza do  sentir 
Que  é  só AMAR !!!


Esta  é  uma  antiga composição  minha  ...numa  época  que  muito  andei  por  Minas , Mato  Grosso...carregava  nas  minhas  andanças o  violão e  tudo  era  motivo  pra  tocar  e  cantar ... Bons  tempos !!! 

Pedro Pugliese


2 comentários:

  1. Lisette minha querida que prazer te ver por aqui!!! Com certeza !!! Viver só se for para Amar !!! Se quem nos deu a vida é AMOR !!! E mandou que amassemos o Próximo com as nós mesmos !!! Vamos distribuir o dom do amor tão escasso nesta vida !!! Um beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir